Várias instituições do Alentejo decidiram levar bens alimentares ao domicílio dos que precisam

transferir (1)Por este dias, nem tudo são más notícias aquelas que se relacionam com a pandemia do Covid-19.

Muitas vezes da necessidade nasce a oportunidade, e foi precisamente da necessidade de ajudar os idosos, que não podem ou devem sair de casa, que várias instituições decidiram levar bens alimentares ao domicílio.

É o caso da União de Freguesias da Vila, Bispo e Silveiras, no concelho de Montemor-o-Novo, em colaboração com alguns comerciantes da região, está disposta a ajudar os mais velhos, fazendo entregas de produtos ao domicílio.

Em Borba, a Câmara Municipal criou o projeto Fique em casa, nós vamos por si. António Anselmo, presidente da câmara, refere que, “para já, os serviços são efetuados pela autarquia e destinam-se a apoiar pessoas com mais de 60 anos”.

Com vista a reduzir os riscos de propagação, a Câmara de Portalegre encerrou, por tempo indeterminado, o atendimento presencial aos utentes na Loja Social, continuando o serviço a ser assegurado.