“Sem Eira Nem Beira” de Angès Varda no Cineteatro Curvo Semedo

4decd6fe2_004112290518Amanhã, dia 12 de março, a partir das 21h30, “Sem Eira Nem Beira” de Angès Varda, para maiores de 16 anos, é o filme em exibição no Cineteatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo.

“Sem Eira nem Beira” é um filme de 1985, uma ficção que conquistou o Leão de Ouro no Festival de Veneza e o César de melhor atriz para Sandrine Bonnaire, entre outros prémios, é a reconfirmação (para os menos desatentos) da
predileção de Varda pelos desprotegidos ou “esquecidos” do mundo.

Numa manhã invernal, uma jovem sem-abrigo (Sandrine Bonnaire) é encontrada morta. A câmara de Varda vai tentar reconstituir o seu itinerário, a partir de testemunhos das pessoas com quem se cruzou no caminho. À altura, o filme gerou uma série de discussões e reportagens em França sobre os vulgarmente chamados SDF (sem domicílio fixo).