DECO aconselha sobre o que fazer em caso de avaria de produtos na garantia

Maria Inês Alvarenga DECO 2A DECO recebeu recentemente uma queixa de um consumidor, que comprou um computador no valor de 2 mil euros, na FNAC, e que nos meses seguintes avariou. O consumidor dirigiu-se à FNAC para reparar o computador, mas o problema persistiu. A Microsoft aconselhou o consumidor a pedir a devolução do dinheiro na FNAC, algo que foi recusado, e a loja alegou que precisava de autorização da marca.

Depois deste impasse foi entregue ao cliente um computador recondicionado e o consumidor recorreu à DECO. Maria Inês Alvarenga, jurista da DECO afirma que “o consumidor, dentro da garantia, pode exigir uma de quatro soluções: reparação, substituição, redução do preço ou a resolução do contrato sem encargos para o consumidor”. Neste caso, só depois da Deco ter interpelado a FNAC é a que a mesma fez a transferência do valor do computador ao cliente.

O que deve fazer em caso de avaria de produtos que ainda estão na garantia é o tema em destaque esta semana na rubrica da DECO.