Serpa quer adaptar-se às alterações climáticas

SERPAA Câmara Municipal de Serpa vai adotar medidas de adaptação às alterações climáticas, como criação de uma estrutura de sombreamento e uso de águas subterrâneas para regar um campo de futebol. O investimento é 319 mil euros, com financiamento comunitário de 75 por cento, assegurado através de uma candidatura já aprovada.

Na cidade, o projeto prevê a criação de uma estrutura de sombreamento sazonal e de planos de água e fontes na Praça da República e de corredores de ventilação e nebulização em quatro arruamentos centrais, para baixar a temperatura ambiente no tempo quente.

Na localidade de Vila Nova de São Bento, a 16 quilómetros da sede do concelho, o abastecimento do sistema de rega do campo de futebol do Parque Desportivo Municipal vai ser alterado: deixa de ser feito à custa de água da rede pública e passa a ser assegurado por águas subterrâneas.

O projeto inclui também ações de informação e sensibilização sobre a problemática das alterações climáticas, além da divulgação das medidas. O município espera ainda que este projeto sirva como modelo de boas práticas, gerando futuras intervenções, replicadas noutras escalas.