Telecomunicações lideram reclamações da DECO

Maria Inês Alvarenga DECO 2Em dez anos, a DECO recebeu quatro milhões e meio de reclamações, lideradas sempre pelos setores das telecomunicações, energia e água, serviços financeiros e compra e venda, sendo este o retrato dos conflitos de consumo dos portugueses neste período do século XXI.

“As telecomunicações foram, e são, uma constante preocupação para as famílias portuguesas”, segundo a jurista na delegação de Évora da DECO, Maria Inês Alvarenga (na foto).

Em 2019 a DECO recebeu 343.310 contactos de consumidores, tendo os setores mais reclamados mantido inalteráveis, sendo as telecomunicações o líder das reclamações.

Hoje a DECO acredita que os Portugueses estão mais capacitados e autónomos na resolução dos seus conflitos de consumo. Mas a próxima década traz novos desafios, certamente mais difíceis de solucionar.