Futebol: U. Montemor vence Redondense e mantém 2.º lugar

IMG_8245Este domingo, 16 de fevereiro, jogou-se mais uma jornada do Distrital de Seniores da Associação de Futebol de Évora. Na Elite, o Grupo União Sport recebeu no Estádio 1.º de Maio o Redondense, ganhando de forma confortável por 3-0, e segurando a 2.º posição. Ainda na Elite, o Escouralense foi a Viana perder por 3-0.
Na Liga AFE, só o Cabrela venceu, indo a Santana do Campo ganhar por 5-2, em partida antecipada para sábado, enquanto que o Cortiço foi a Aguiar empatar a 1 bola e o Valenças perdeu na Tourega por 3-0.

Sobre a partida que acompanhámos com relato, e onde o GUS teve receção ao Redondense, a formação alvinegra apresentou-se com duas alterações no 11 inicial, com André Capucho a regressar à equipa titular, e Pipo a estrear-se a titular. Já o Redondense apresentou-se com muitas baixas para este encontro. O Redondense entrou bem no jogo e, logo aos 5 minutos, criou uma oportunidade para inaugurar o marcador, mas André Capucho cortou bem o esférico sobre a linha de golo. Aos 10 minutos, é assinalada grande penalidade a favorecer o União, castigando falta sobre Paulo Pinheiro. Na transformação, Miguel Serrano não enjeitou a oportunidade e deu vantagem no marcador para a equipa da casa. Pouco depois esteve à vista o segundo, com Paulo Pinheiro a cabecear ao poste da baliza à guarda de Tiago Malta. Aos 14 minutos, o União efetua um excelente contra ataque, com Machado a assistir Pipo, que fez um chapelaço com nota artística superior, marcando um grande golo. Entretanto, o treinador adjunto do Redondense é expulso por protestos, que surgiram desde a marcação da grande penalidade. Aos 30 minutos, Pipo serve bem Bruno Machado que marca o 3.º da tarde, fazendo um chapéu à saída do guardião do Redondense. Em suma, foi uma grande primeira parte de toda a equipa do União, encostando o Redondense às cordas, sendo muito pressionante e lançando em velocidade os seus homens da frente. Ao intervalo o União vencia e convencia por 3-0.
A 2.ª parte iniciou com uma substituição no Redondense, com Vítor Borrego a render Quintas. A primeira oportunidade dos segundos 45 minutos foi criada pelo Redondense, mas não foi concretizada. O União arrancou a 2.ª parte com menor produção ofensiva, a gerir claramente a vantagem que tinha, e com ascendente por parte da equipa visitante, mas sem criar grandes ocasiões. Apesar disso, aos 60 minutos, Miguel Serrano obrigou Tiago Malta a uma grande intervenção. Pouco depois, Cipriano Cadeira efetuou a primeira substituição, fazendo entrar Pimenta para o lugar de João Diniz. O Redondense efetuou dupla alteração, aos 65 minutos, com Miguel Fale e Soares a serem rendidos por João Siquenique e Daniel. Aos 79 minutos, ambas as formações fazem substituições, no Redondense entrou Pipoca para o lugar de Miguel Raínha, no União foram Miguel Samuel e Erick a substituirem Pipo e Bruno Machado. Aos 83 minutos o Redondense e o União realizaram a sua última alteração, com Alexandre Matos a entrar para o lugar de Maio, e Edi Castro a ser rendido por Duarte Chiola. Ainda antes do término do jogo houve duas oportunidades para ambos os conjuntos, mas o marcador não se alterou. A partida iria chegar ao seu término, com o União a ganhar por 3-0, alcançando uma vitória justa, fruto da melhor primeira parte desta temporada e após uma 2.º parte com mais controlo de jogo e com menos intensidade.
Resultados:
Divisão de Elite: Canaviais 2-1 Estrela Vendas Novas, Monte Trigo 0-3 Juventude Évora, U. Montemor 3-0 Redondense, At. Reguengos 3-2 Corval, Borbense 0-3 Portel, Sp. Viana 3-0 Escouralense, Alcaçovense 6-1 O Calipolense.

Liga AFE: Santana do Campo 2-5 Cabrela, Arcoense – Canaviais B (não se realizou), Aguiar 1-1 Fazendas do Cortiço, SB Outeiro 1-1 Estremoz, Arraiolense 3-3 Perolivense, Tourega 3-0 Valenças, Oriolenses 3-2 Bencatelense.