Alteração de frequência obriga a nova sintonização de TDT

TDTCom vista à implementação da quinta geração móvel, a chamada rede 5G, já se deu início, na passada sexta-feira, dia 7, em Sines, à alteração da rede de emissores nacional da televisão digital terrestre (TDT).

Nesta primeira fase, e de acordo com a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), até 27 de fevereiro, serão alterados um total de 20 emissores, que incluem, para além de Sines, alguns da região Alentejo e todos do Algarve. A conclusão deste processo, aponta a Anacom, está previsto para o final de junho.

Quem ficar sem imagem nas televisões, com o ecrã negro, apenas precisará de “fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e todos continuarão a ver televisão gratuitamente”, explica a Anacom.

A Anacom informa ainda que, e tendo em conta este processo, não será necessário substituir antena, trocar a televisão ou descodificador, sendo que ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga para continuar a assistir aos canais de sinal aberto.

Se surgirem dúvidas ou dificuldades, a Anacom tem disponível uma linha telefónica de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias das 9 às 22 horas.