Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, apresentaram uma a Tomada de Posição intitulada “Pela Saúde das Nossas Populações”

LogocmOs eleitos da CDU na Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, apresentaram uma a Tomada de Posição intitulada “Pela Saúde das Nossas Populações”, na sequência da preocupação levantada pela Comissão de Utentes dos Serviços Públicos de Montemor-o-Novo, junto da Câmara Municipal, relativamente à intenção da ARS Alentejo diminuir o número de enfermeiros afetos à Unidade de Cuidados Continuados Domiciliários (UCC), como forma de dar resposta à falta de pessoal no Serviço de Urgência Básico de Montemor-o-Novo.

Reiterar a sua solidariedade para com os utentes da UCC que se irão ver limitados
no acesso a um serviço público de qualidade que assume uma importância vital num
concelho de tão grandes dimensões e com uma população bastante envelhecida.
Permitindo uma intervenção precoce junto dos utentes, a prestação de uma série de
cuidados continuados e diferenciados junto dos utentes e família e, em alguns casos, esta equipa presta inclusivamente cuidados paliativos permitindo que os utentes recebam os tratamentos a que têm direito, com dignidade, no seu ambiente familiar.
Reiterar a urgência de que sejam contratados, no imediato, trabalhadores por forma
a cumprir o número legal de médicos e enfermeiros no SUB de Montemor-o-Novo, bem
como de meios e equipamentos necessários para que os profissionais possam desempenhar adequadamente as suas funções.
Rejeitar que o necessário e urgente reforço do SUB seja feito retirando profissionais
de saúde de outros serviços fundamentais para a população do concelho, como é o
caso da UCC.

Esta tomada de posição por parte da Câmara Municipal, aprovada por Unanimidade em Reunião de Câmara Municipal de 15 de janeiro, vai ser agora  enviada à ARS, com conhecimento do Ministro da Saúde e dos Deputados eleitos pelo Distrito de Évora.