“Génesis” de Sebastião Salgado em exposição em Évora

expoSebastiaoSalgado19_639Sebastião Salgado, um dos mais prestigiados fotógrafos da atualidade, tem patente, em Évora, a exposição “Génesis”.

Trata-se de um conjunto de 38 imagens a preto e branco, nas quais o fotógrafo brasileiro procura as origens do mundo e do planeta em que vivemos, prestando uma homenagem à sua fragilidade.

O Largo Conde Vila Flor, na zona envolvente ao Templo Romano, é o local onde se encontra esta mostra, desde o passado dia 16 de dezembro, e onde pode ser visitada até sábado, 18 de janeiro.

Esta exposição, que conta com curadoria de Lélia Wanick Salgado, resulta de uma ação conjunta entre a Fundação “La Caixa” e o BPI, em colaboração com a Câmara Municipal de Évora.

A exposição mostra paisagens, animais e pessoas que foram capazes de escapar da influência do mundo moderno em regiões polares, bosques e savanas tropicais, desertos abrasadores, montanhas dominadas por glaciares e ilhas solitárias. Sebastião Salgado levou oito anos a concretizar este projeto centrado na natureza do nosso planeta, o qual iniciou em 2004.

A exibição é de entrada livre e pode ser visitada sem restrições de horário na envolvente ao Templo Romano.