Hélder gerou onda de solidariedade e já regressou a casa

Helder ElvasDepois da notícia avançada pela Rádio ELVAS (ver aqui), que dava conta de um homem que trocava trabalho por comida, gerou-se uma onda de solidariedade em torno deste caso e, segundo conseguimos apurar, Hélder, de 36 anos, já conseguiu regressar a Viseu, de onde é natural.

Um casal, residente em Elvas, entrou em contacto com o Hélder e ajudou-o a regressar a casa, comprando-lhe o bilhete para o autocarro.

No entanto, à Rádio ELVAS, chegaram inúmeras mensagens, de Elvas, de todos o País e até da Suíça, de interessados em dar trabalho e apoio a este homem que, como se podia ler no cartaz que o acompanhava, apenas oferecia “trabalho grátis por um prato de comida e uma cama pois vivo na rua”, depois de ter regressado de Espanha.