O Governo abriu concurso para contratar 482 médicos

imagesO Governo abriu concurso para contratar 482 médicos que terminaram a especialidade nas áreas hospitalar (346), medicina geral e familiar (120) e saúde pública (16).

Segundo uma nota do gabinete da ministra da Saúde, Marta Temido “vai permitir reforçar os serviços hospitalares em 346 postos de trabalho, nomeadamente em especialidades como a Medicina Interna, com 40 vagas, anestesiologia (33 vagas), pediatria (28 vagas), ginecologia-obstetrícia (21), oftalmologia (16), ortopedia (14), entre outras”.

No início de 2020, o Serviço Nacional de Saúde poderá também ser reforçado com mais 120 especialistas em medicina geral e familiar, que permitirão aumentar a cobertura da população com médico de família”.

Podem candidatar-se ao concurso os médicos detentores do grau de especialista na área profissional correspondente e que não detenham uma relação jurídica de emprego por tempo indeterminado com o Estado.