Agricultores só podem optar por uma única medida Agro-Ambiental na candidatura do Pedido Único de 2020

ApormorA APORMOR- Associação de Produtores de Bovinos, Ovinos e Caprinos da Região de Montemor-o-Novo está indignada com o comunicado emitido pelo Ministério da Agricultura onde é deixado à escolha dos agricultores a decisão de optarem por uma única medida Agro-Ambiental na candidatura do Pedido Único de 2020.

Segundo Joaquim Capoulas, Presidente da APORMOR, os Agricultores da Região de Montemor-o-Novo, consideram que “esta decisão rompe com os compromissos assumidos no actual Quadro Comunitário de Apoio, que deveriam continuar até à definição do próximo QCA, e é uma opção puramente economicista e até incongruente com o programa do Governo.

Joaquim Capoulas, considera ainda que se trata de um passo atrás, cortando precisamente nos apoios de Medidas Agro-Ambientais que promovem estas boas práticas agrícolas, e que os agricultores não têm culpa que, por responsabilidade exclusiva dos decisores políticos, as negociações da nova Política Agrícola Comum estejam paradas. Ninguém consegue planear o futuro enquanto não forem definidas as novas linhas de orientação sobre as componentes ambiental e produtiva.