Quercus colabora com o projeto Life Lines

Nuno SequeiraA Quercus está a colaborar com o projeto Life Lines a partir de um convite da Universidade de Évora, num total de oito entidades que participam neste projeto.

Há mais de dez anos que a Quercus tem tido um papel ativo na conservação da natureza e na redução de mortalidade de aves na estrada, e por electrocução em linhas elétricas de alta e média tensão.

Desde 2003 que, a Quercus, em parceria com a EDP, realiza estudos para perceber onde a mortalidade é maior e de que forma é possível implementar estruturas para diminuir os impactos negativos.

Com o projeto Life Lines, “está a ser estudada a eficácia de uma estrutura denominada de “Eco Esteira Horizontal” que será aplicada ao longo de 11 quilómetros, numa linha de média tensão, e numa zona com uma grande variedade de espécies de aves, perto da cidade de Évora”. Esta estrutura tem como objetivo “diminuir a mortalidade de aves,” como refere Nuno Sequeira da Quercus

Para se reduzirem “as colisões de aves com os cabos elétricos, os mesmos vão estar alinhados na horizontal, e o seu desenho é inovador, o que dificulta que as aves pousem nos cabos elétricos”, como refere Nuno Sequeira. Este é um problema que tem afetado muitas aves de grande porte,

Nuno Sequeira acrescenta que “a mortalidade por eletrocussão tem afetado aves de grande porte”, e desta forma, espera com este projeto “poder mostrar que é possível fazer mais e melhor a favor da biodiversidade.”

Depois do projeto Life Lines terminar, a correção de linhas elétricas e de media alta tensão é pretendido dar continuidade ao mesmo por todo o país, de forma a que os resultados do projeto sejam multiplicados.