Alentejo vai produzir 150 hectares de abacate

unnamedNuma parceria feita entre a Granfer, empresa de Óbidos especializada na produção e comercialização de frutícolas, e a gigante sul africana Westfalia, com quem foi feita uma joint venture para a criação de uma empresa especializada na produção de abacate: a Westfalia Fruit Iberia, vai nascer em Alcácer do Sal, uma plantação de 150 hectares de Abacate.

Segundo avança a “Vida Rural”, onde Daniel Ferreira, country manager desta nova empresa, revelou que Westfalia Fruit Iberia é detida em partes iguais pelas duas empresas (Granfer e Westfalia) e vai dedicar-se exclusivamente ao negócio do abacate, com a plantação de 150 hectares no Alentejo numa propriedade única, em Alcácer do Sal.

A variedade escolhida para a produção alentejana é a Hass, a mais comercializada em todo o mundo e que representa 90% das vendas mundiais deste fruto, mas também na exclusiva Gem, “uma variedade desenvolvida pela Westfalia em parceria com a Universidade da Califórnia, e cujos royalties são detidos pelos nossos parceiros”, avançou Daniel Ferreira.

A plantação iniciou há cerca de dois anos e este ano será o primeiro com produção teste. A ideia é exportar para os países europeus onde a Westfalia já tem negócio.

A “Vida Rural”, avança ainda que a decisão de plantar uma cultura sub tropical como o abacate no Alentejo foi ponderada face às grandes amplitudes térmicas, com calor excessivo nos meses mais quentes e temperaturas demasiado baixas e risco de geadas em outras alturas do ano.