Serviço de Oncologia em Évora sem listas de espera

transferirO Hospital do Espírito Santo, em Évora, conta com um serviço de atendimento aos doentes oncológicos, de todo o Alentejo, que não conta com listas de espera, no que aos pacientes com doença ativa diz respeito.

De acordo com Rui Dinis, médico e diretor do Serviço de Oncologia do hospital, a doença oncológica é prioritária, pelo que o atendimento a estes doentes é, também ele, prioritário. “Todo o doente que tem diagnóstico, todo o doente que tem doença em tratamento, tem via verde de acesso ao Serviço de Oncologia”, garante.

“Não há qualquer tempo de espera até chegar ao Serviço de Oncologia”, assegura ainda o médico, explicando que, após o doente ser diagnosticado com cancro, no máximo, demorará três dias a ser encaminhado.

Rui Dinis explica ainda que não há um limite para o número de doentes que neste serviço são atendidos. “Temos sempre porta aberta para qualquer doente, para qualquer necessidade, quer seja despoletada pelos colegas da Medicina Geral Familiar, seja pelos colegas da Urgência”, acrescenta, lembrando que “o cancro não pode esperar”.

O serviço de Oncologia Hospital do Espírito Santo, em Évora, dá resposta a pacientes oriundos dos hospitais de Elvas, Portalegre, Beja e Santiago do Cacém.