Life Lines com bons resultados na redução da mortalidade de anfíbios

life lines lui guilherme sousaUma das principais ações desenvolvidas pelo projeto Life Lines foi a implementação de barreiras e passagens para evitar a entrada de anfíbios nas estradas portuguesas.

Segundo Luís Guilherme Sousa (na foto), bolseiro do projeto Life Lines, na Universidade de Évora, “foi necessário fazer um trabalho prévio para identificar as zonas de maior risco para cada espécie. No caso dos anfíbios, é necessário ir para o campo nas alturas em que eles estão ativos. Depois, faz-se uma viagem de carro, a velocidade reduzida para conseguirmos identificar o número de animais na estrada. Por último, foram planeadas medidas adequadas a cada local”.

As obras para a adaptação das estradas com o objetivo de reduzir a mortalidade de anfíbios aconteceram nas estradas municipais 529 e 535 e na nacional 114.

Foram colocadas barreiras de encaminhamento para duas passagens hidráulicas já existentes que foram adaptadas para o uso por estes animais.

A redução da taxa de mortalidade de anfíbios nas estradas da região tem sido uma das principais preocupações do projeto Life Lines.