Alterações climáticas em destaque no “Ambiente em FM”

Nuno-SequeiraA União Europeia deverá apresentar à Organização das Nações Unidas (ONU), até final deste mês, e no seguimento do Acordo de Paris, uma estratégia de longo prazo, tendo em vista o combate às alterações climáticas.

Esta estratégia, contudo, e como explica Nuno Sequeira, da Quercus, tem sido enfraquecida por quatro países europeus – Estónia, Hungria, Polónia e República Checa, tendo em conta os interesses das suas indústrias poluidoras. “A Quercus considera preocupante que os governos destes quatro países, impulsionados pelos interesses das suas indústrias poluidoras, adiem a tomada de decisões importantes das quais depende o futuro das próximas gerações”, revela.

Nuno Sequeira adianta que esta estratégia da União Europeia tem em vista a meta de zero emissões, em 2050, contando com o compromisso de quase todos os países europeus. O Reino Unido foi a primeira grande economia do G7 a consagrar esse compromisso na lei. Já Portugal foi o primeiro país no mundo a afirmar o compromisso da neutralidade carbónica até 2050.

As alterações climáticas são o tema em destaque, esta semana, na rubrica “Ambiente em FM”, com Nuno Sequeira, da Quercus.