Ruas de Monsaraz com a exposição “Gente da Terra Ardente”

Gente da Terra Ardente (1)As paredes das casas das ruas da vila medieval de Monsaraz têm expostas imagens de pinturas e desenhos de Flávio Horta. “Gente da Terra Ardente” é o título da exposição que vai estar patente até julho de 2020.

Flávio Horta é um autodidata que desde muito cedo manifestou vontade de se exprimir através do desenho e da pintura. Nasceu em Évora, mas atualmente vive em Beja, e o meio rural onde nasceu é um tema habitual dos seus trabalhos que tem apresentado em diversas exposições individuais e coletivas.

O artista recorre à cor e ao monocromático através de um realismo contemporâneo que se tem expressado artisticamente nos últimos anos, representando, entre outros temas, as gentes da sua região. A figura humana está quase sempre presente, direta ou indiretamente, no papel ou na tela pintada.