Mixomatose chegou ao Alentejo com dois casos já registados

Foto Wikipédia

A Direção-Geral de Alimentação a Veterinária (DGAV) anunciou que foram encontrados nos concelhos de Évora e Beja os primeiros casos de mixomatose em lebres confirmados em Portugal.

A mixomatose é uma doença viral sem consequências para a saúde pública, segundo José Lagarto, presidente da Associação de Caçadores e Pescadores de São Vicente

No perímetro de caça da Associação de São Vicente, registaram-se “apenas dois casos de animais mortos por mixomatose”, garantiu José Lagarto.

A mixomatose é uma doença difícil de controlar e de fácil expansão devido à rapidez e mobilidade dos animais.

As entidades competentes prevêem o aumento do número de casos.