DECO alerta que contas inativas no banco podem ter custos

imagesAs contas inativas, sem movimentos, podem acarretar custos de manutenção inesperados, mesmo que não tenham saldo. Quem alerta é a DECO – Associação para a Defesa do Consumidor.

Mesmo sem saldo, explica Isabel Curvo, da DECO, “os bancos cobram custos de manutenção de contas cujos titulares julgam encerradas ou esqueceram, esperando que o montante a pagar se torne significativo, ou que o consumidor volte a recorrer aos serviços do banco, para apresentarem a conta, muitas vezes, com três dígitos”. Este comportamento originou diversas queixas de consumidores, que a DECO denunciou, em finais de 2014, junto do Banco de Portugal e Ministério das Finanças.

Para os consumidores saberem que contas têm abertas em seu nome e evitar despesas necessárias, basta acederem ao site do Banco de Portugal.