“25 anos da Festa Ibérica da Olaria e do Barro” em exposição em Badajoz (c/fotos)

Centro Oleiro de S. Pedro do Corval (3)A exposição “25 anos da Festa ibérica da Olaria e do Barro” está patente até 11 de abril no edifício Badajoz Século XXI, em Badajoz.

A Festa ibérica da Olaria e do Barro une há 25 anos os dois maiores centros oleiros da Península Ibérica, nomeadamente o de S. Pedro do Corval, no concelho de Reguengos de Monsaraz, e o de Salvatierra de los Barros, na província de Badajoz (Espanha), realizando-se em anos alternados em cada localidade. A edição comemorativa vai decorrer de 23 a 26 de maio em S. Pedro do Corval e o programa integra a Exposição Nacional dos Territórios Portugueses com Cerâmica, a Exposição de Olarias Extintas de Espanha, oleiros e ceramistas a trabalharem ao vivo, um festival de música ibérica, o circuito das olarias, um encontro de oleiros e ceramistas e as jornadas ibéricas de olaria e cerâmica.

A exposição “25 anos da Festa ibérica da Olaria e do Barro” é organizada pelas câmaras municipais de Reguengos de Monsaraz e de Salvatierra de los Barros e pela Junta de Freguesia de Corval.

O espaço da exposição tem painéis sobre os 25 anos da Festa Ibérica da Olaria e do Barro, com a história de S. Pedro do Corval e da Casa do Barro – Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval, assim como de Salvatierra de los Barros e do Museu de Alfareria. Estão também expostos os cartazes de edições do evento, há uma mostra de peças dos dois centros oleiros e uma área onde são exibidos vídeos promocionais dos trabalhos dos oleiros das duas localidades.