Câmara de Évora atribui medalhas no Dia da Cidade

Anexo_DSC_0023A Câmara Municipal de Évora aprovou por unanimidade, na sua reunião pública de 20 de Junho de 2018, a atribuição de três medalhas na cerimónia do Dia da Cidade que terá lugar no dia 29 de Junho, a partir das 10 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

O evento conta, além da atribuição de medalhas, com o lançamento do nº2 da 3ª série do boletim “A Cidade de Évora” e com uma cerimónia de deposição de sementes das árvores de Hiroshima sobreviventes ao bombardeamento atómico que os EUA fizeram sobre duas cidades japonesas em 1945.

No que concerne às medalhas, este ano o investigador Henrique Leonor Pina será agraciado, a título póstumo, com a Medalha de Ouro da Cidade de Évora pelo seu trabalho de valorização das potencialidades arqueológicas do Concelho, nomeadamente por ter identificado e dado visibilidade a vários monumentos megalíticos, entre eles o Cromeleque dos Almendres, quando se procedia ao levantamento da Carta Geológica de Portugal.

A Medalha de Mérito Municipal – Classe Ouro será entregue ao Juventude Sport Clube que este ano comemora o seu 100º Aniversário pela relevância do papel desempenhado ao longo da sua existência para a comunidade local.

Uma Medalha de Mérito Municipal – Classe Ouro será também atribuída ao ex-Comandante dos Bombeiros Voluntários de Évora, José Francisco Monteiro pelos relevantes serviços prestados em prol da Humanidade, ao longo de 30 anos de carreira, sendo exemplo dessa abnegação o contributo decisivo na fundação das corporações de bombeiros de Portel e Viana do Alentejo.

No decurso das cerimónias do Dia da Cidade, serão lançadas à terra sementes originais de árvores sobreviventes ao bombardeamento atómico de Hiroshima. Tratam-se de árvores de cujos troncos carbonizados pelo bombardeamento vieram a brotar mais tarde rebentos verdes e folhas. Desde então, os cidadãos de Hiroshima tomaram-nas como Símbolos da Paz.

As sementes, que vieram expressamente de Hiroshima, foram oferecidas por esta cidade como mensagem de Paz no âmbito da Mayors for Peace, uma organização sem fins lucrativos fundada pelas cidades de Hiroshima e Nagasaki em 1982, e que hoje em dia integra 7.578 cidades espalhadas por 163 países do mundo. Tem como principal objetivo promover a solidariedade das cidades em prol da abolição total das armas nucleares. Évora, que aderiu a esta organização em 2007, é a primeira cidade de Portugal a ser distinguida com a honra de receber as sementes das árvores da Paz.