“Um D. João Português” para ver no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida – Montijo

IMG CARTAZ CROP A3 UM DOM JOAO PORTUGUESUm D. João Português sobe ao palco do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, no Montijo, nos dias 2 e 3 de março, a partir das 21h30.

Construído ao longo de 2017 em quatro cidades, Montijo, Setúbal, Viseu e Guimarães, o espetáculo acompanha o percurso em fuga de D. João e do seu fiel criado Esganarelo, como se de um roadmovie se tratasse.

A vida vai-se revelando no contacto de ambos com as mais diversas realidades, da mais densa reflexão filosófica à entrega aos prazeres mais simples. Constante, porém, é a busca pela total liberdade por parte do protagonista, que tenta escapar a tudo aquilo que possa impedi-lo de viver como bem lhe apetece. Existe, ainda assim, um único limite que talvez não lhe seja possível transpor: a morte

Molière não foi o único autor a dedicar-se ao mito de D. João. Ao longo dos séculos, a figura do libertino inspirou obras de Tirso de Molina, Lord Byron e, talvez a mais famosa de todas, a ópera Don Giovanni, de Mozart.

Luis Miguel Cintra parte de uma tradução anónima de cordel portuguesa, do séc. XVIII, em que o nome do dramaturgo francês é omisso, e evoca um conjunto de referências culturais e artísticas de vários tempos para construir um espetáculo em que D. João é, mais do que europeu, verdadeiramente português.

No primeiro dia de apresentação poderá assistir-se aos primeiros dois blocos, Na Estrada (da Vida) e O Mar (e de Rosas) e, no segundo, aos restantes, As Árvores (dos Desgostos) e A Escuridão ao Fim da Estrada.

Luis Miguel Cintra / Co- produção: Companhia Mascarenhas-Martins, Teatro Viriato e Centro Cultural Vila Flor