Sessão de apresentação da Criação de Moeda Local em Montemor-o-Novo hoje

redecidadaniaPor iniciativa da Rede de Cidadania de Montemor-o-Novo e a Cooperativa Minga, grupo que tem vindo a debater e planear como se poderia criar uma moeda local em Montemor-o-Novo, desde 2011, levaram-se a cabo algumas iniciativas para promover a ideia, esta ganhou novo alento após a realização de um encontro sobre moedas locais em março de 2017.

Desde então houve várias reuniões entre pessoas interessadas no assunto, bem como reuniões para expor a ideia à União de Freguesias de Nossa Senhora da Vila, Nossa Senhora do Bispo e Silveiras, à Câmara Municipal e a um conjunto de representantes do tecido comercial e associativo de Montemor. Este grupo, já teve contacto com experiências do mesmo género em Inglaterra, Espanha e Portugal, de forma a aprender com as experiências de onde já se implementou este tipo de medida.

Em agosto de 2017 foi publicado um artigo na Folha de Montemor, onde foram expostos os princípios de uma moeda local. Até ao momento, esta ideia tem sido recebida com interesse e entusiasmo, e espera-se poder lançar a moeda na segunda metade de 2018.

Uma vez que se tem vindo a limar arestas relativamente aos vários aspetos práticos ligados à implementação de uma moeda local, a Rede de Cidadania de Montemor-o-Novo e a Cooperativa Minga sentem que têm já uma proposta de projeto bastante sólida e pronta a implementar. Já que esta é uma medida que visa principalmente fortalecer a produção local e estimular as trocas comerciais no concelho, com o intuito de apresentar a ideia aos Montemorenses que possam vir a participar e/ou beneficiar da moeda local, e em particular às empresas do concelho.

As moedas locais podem assumir vários modelos e objetivos distintos, sendo os propósitos mais comuns os de dotar a comunidade em questão de um maior controlo da moeda em circulação e de garantir que o dinheiro se mantém em circulação dentro da comunidade. São estes os objetivos principais das mais de 4000 iniciativas de moedas locais que surgiram ao longo dos últimos anos em vários países da Europa e da América Latina, sob várias formas.

Em Montemor, o objetivo passa por criar uma moeda (em paridade com o Euro) que apenas seja válida no nosso concelho, com a qual se possam efetuar pagamentos a (ou entre) pequenas e médias empresas Montemorenses, evitando assim a fuga do dinheiro gerado em Montemor. Uma empresa, ao ver-se na posse da moeda local, seria “forçada” a gastar esse dinheiro em Montemor, gerando assim um efeito multiplicador de riqueza.

Assim, haverá uma sessão de apresentação do projeto de criação de uma moeda local em Montemor-o-Novo. A sessão terá lugar no dia 21 de fevereiro de 2018 pelas 18h, no edifício da Junta de Freguesia (União de Freguesias), no Largo Dr. Banha de Andrade.