Balanço do Plano de Contingência da ARSA

ARS-AlentejoO Plano de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas – Módulo Inverno da Administração Regional de Saúde do Alentejo, desenvolvido em estreita articulação com o ACeS Alentejo Central e as Unidades Locais de Saúde do Baixo Alentejo, Norte Alentejano e Litoral Alentejano, tem permitido responder ao aumento de procura esperado para esta altura do ano.

No ACeS Alentejo Central, particularmente nos concelhos de Évora e Arraiolos, o horário de atendimento foi prolongado até às 22h nos dias úteis e até às 16h nos feriados e fins-de-semana, o que corresponde a mais duas horas por dia e por unidade.

Nas Unidades Locais de Saúde do Baixo Alentejo, Norte Alentejano e Litoral Alentejano ainda não se verificou esse prolongamento de horário no âmbito dos Cuidados de Saúde Primários, embora tal se preveja se houver um acréscimo na procura.

Os dados de monitorização apontam para que nos primeiros 4 dias do ano de 2018 se tenham realizado uma média diária de mais 15% de consultas de doença aguda em Serviços de Atendimento Complementar, comparando com a média de consultas que se se realizaram no período homólogo do ano anterior.

O Plano de Contingência das Unidades Hospitalares da Região prevê a abertura até 64 camas.

As medidas previstas e a implementar têm como objetivo responder às necessidades da população, como consequência do aumento de procura verificado nos últimos dias.

A ARS Alentejo aconselha o recurso às unidades de cuidados de saúde primários e à linha telefónica do SNS 24 (808 24 24 24) para um contacto telefónico prévio que ajude o utente a decidir se deve deslocar-se à Unidade de Saúde ou ao hospital e, como última alternativa, o recurso direto à unidade hospitalar.

Para mais informação, deve consultar o site da ARS Alentejo em http://www.arsalentejo.min-saude.pt acerca dos horários de atendimento nas diferentes Unidade de Saúde da Região.