Compendionauta instala unidade industrial em Évora

PIAEParqueIndustrialAeronáuticoÉvoraCarlos Pinto de Sá, Presidente da Câmara Municipal de Évora, e José Carlos Massucato, administrador da empresa Compendionauta, assinaram no passado dia 31 de agosto um contrato de compra e venda de um lote de terreno no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora, com vista à instalação de uma unidade industrial.

De acordo com José Carlos Massucato, a empresa Compendionauta vai fazer um investimento de 10 milhões de euros na cidade de Évora e criar 50 postos de trabalho no ano de 2020.

Esta empresa já colaborou com a Embraer, mas a sua instalação em Évora vai permitir também colaborar com outras empresas que se dedicam à construção de aviões.

A Compendionauta, que tem sede social em Évora, pretende instalar no Parque de Indústria Aeronáutica uma unidade fabril de maquinação de componentes para a indústria aeronáutica, tendo como principal objetivo o desenvolvimento de uma nova atividade ligada à maquinação de componentes em titânio para a aeronáutica com tratamento superficial simples.

Para além de Portugal, o objetivo passa por atingir os mercados de França, Espanha, Alemanha, Estados Unidos da América e Reino Unido.

A Câmara Municipal de Évora aprovou em Reunião Pública este projeto como sendo de Potencial Interesse Municipal, por considerar, entre outras razões, que este investimento vem contribuir para a diversificação do tecido empresarial, enquadrando-se na estratégia que visa a dinamização do cluster aeronáutico.