Escultura “Cenário” inaugurada ontem em Évora

EsculturaCenárioÉvora2017A escultura “Cenário”, da autoria do artista eborense Rui Horta Pereira, foi inaugurada no dia de ontem, 4 de setembro.

Esta escultura foi produzida e executada no Antigo Matadouro de Évora, no Departamento de Escultura em Pedra da Associação Pó de Vir a Ser, a propósito do ciclo “Farrobodó”. O objetivo é, segundo o seu autor, que esta seja uma peça “fruída por pessoas e animais”, uma vez que esta peça pode ser utilizada como banco, como local de brincadeiras para as crianças ou ainda para que os animais, como os pássaros ou os cães, bebam água. Num sentido mais simbólico, esta peça representa “o espaço que se usa para permitir o desenrolar de uma ação, o espaço que se desenha para permitir atuar no presente e estruturar os diálogos do futuro”.

Esta obra encontra-se na Rua Marechal Gomes da Costa, junto ao Hospital Veterinário, na União de Freguesias da Malagueira e Horta das Figueiras e surge no âmbito do Festival Artes à Rua, que decorreu na cidade de Évora durante os meses de julho e agosto e que teve na sua programação mais de 100 espetáculos. Este Festival foi promovido pela Câmara Municipal de Évora e é agora encerrado com a inauguração desta escultura, que marca assim a sua primeira edição.

O Festival “Artes à Rua” levou às praças e largos da cidade de Évora milhares de espetadores e Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara Municipal, também sublinhou o sucesso desta iniciativa, acrescentando que espera que este “tenha sido o primeiro de muitos festivais”.