Conversa em Dia sobre a iniciativa “Depois da Guerra”

ciclooutonoNo dia 18 de Novembro o Cineteatro Curvo Semedo recebe duas curtas-metragens e uma peça de teatro.

Na Conversa em Dia de hoje falamos com José Miguel Ribeiro que nos fala sobre a Curta Metragem Estilhaços, com Bárbara Oliveira sobre a Curta Metragem Lugar em Parte Nenhuma e com Alfredo Brito sobre a peça de teatro Pensão de Sangue.

A Peça “Pensão de Sangue, filhos de uma guerra colonial” é um monólogo construído e protagonizado pelo ator Alfredo Brito (estreado em Junho de 2000 e revisitado agora) sobre as consequências da Guerra Colonial.

A Curta “Estilhaços” aborda a Guerra Colonial e os efeitos do stress pós-traumático no seio familiar. Para além de selecionada para diversos festivais, esta curta de animação ganhou o Prémio Nacional da Animação 2016 e foi distinguida com o Prémio António Gaio e Prémio Especial do Júri.

“Lugar em parte nenhuma” sintetiza uma entrevista a uma mulher que foi obrigada a fugir da guerra. Também esta curta-metragem já foi premiada no Prémio António Gaio com uma Menção Honrosa – Prémio Jovem Cineasta Português, mais de 18 anos.