Queimas e queimadas podem ser realizadas com precaução

queimadasO Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) deixa algumas recomendações sobre o uso do fogo.

Até ao próximo dia 30 de junho, os interessados podem realizar uma queimada desde que tenham autorização da respetiva câmara municipal e desde que informem telefonicamente os bombeiros voluntários da sua localidade, aquando do inicio da queimada.

Recorde-se que uma queimada consiste no uso do fogo para renovação de pastagens ou eliminação de restolhos e de sobrantes de exploração agrícola ou florestal, cortados e não amontoados em quantio que uma queima consiste no uso do fogo para a eliminação de sobrantes de exploração agrícola ou florestal, cortados e amontoados.

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas relembra que, antes de proceder a uma queima ou queimada os indivíduos devem evitar dias em que o risco de incêndio seja elevado, muito elevado ou máximo, períodos de vento forte, pois aumentam a intensidade da chama podendo provocar focos de incêndio na envolvente, os dias mais quentes, a proximidade de árvores, pilhas de lenha, bilhas de gás ou outros materiais de elevada inflamabilidade e linhas elétricas, queimar amontoados de grandes dimensões, preferindo vários montes de pequena dimensão.