Campo Maior apresenta candidatura da Capela dos Ossos

CapelaOssosCMaior2016O município de Campo Maior apresentou a candidatura da Capela dos Ossos, ao eixo do património da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR Alentejo) de forma a potenciar o monumento.

Ricardo Pinheiro, presidente da Câmara de Campo Maior, adianta “ o principal objetivo da autarquia é colocar o monumento nas rotas turísticas. A Capela dos Ossos de Campo Maior é a segunda maior do país e queremos preparar a capela, para que esteja aberta e tenha um horário de visitação e as coisas estão a correr bem nesse sentido. Relembro que a Capela dos Ossos de Évora é um dos monumentos mais visitados por ano no nosso país visto que, cerca de 300 mil visitantes por ano passam por este monumento”.

A segunda maior Capela dos Ossos encontra-se em Campo Maior e foi construída, em 1766, em memória das vítimas da explosão do paiol da pólvora de 1732. Para colocar o monumento nas rotas turísticas, incluído no leque de atrações do concelho, a autarquia está a desenvolver um conjunto de reuniões com a Fábrica da Igreja. Este estilo arquitetónico pode ainda ser encontrado nas Capelas dos Ossos de Alcantarilha, Évora, Faro e Lagos.