Miguel Araújo encerra hoje o palco principal da Feira da Luz/Expomor 2016

maMiguel Araújo é o nome que encerra o Palco Principal da Feira da Luz/Expomor 2016.

O concerto acontece hoje, dia 5 de setembro, às 22:00 horas.

Miguel Araújo é um dos artistas mais completos da nova geração da música portuguesa. Cantor, músico e compositor, deu-se a conhecer n’Os Azeitonas, a banda portuense que aos poucos se foi afirmando como um dos mais interessantes fenómenos de culto do panorama nacional (Anda Comigo Ver os Aviões, Quem és Tu Miúda, Ray-Dee-Oh, entre outros).

Em Maio de 2012 estreou-se a solo com “Cinco dias e Meio”, de onde se destacam temas como Os Maridos das Outras (single de estreia), Fizz Limão ou Capitão Fantástico. O single de estreia foi nomeado para “melhor canção do ano” nos prémios da Sociedade Portuguesa de Autores, nos Globos de Ouro e na gala da RTP dos melhores do ano. Miguel Araújo foi ainda nomeado para “melhor intérprete individual” nos globos de Ouro e como “personalidade masculina do ano na categoria de música” na revista Lux. O álbum foi considerado um dos 10 melhores do ano e “Capitão Fantástico” foi eleita uma das melhores músicas do ano pela revista Blitz.

Logo no ano do lançamento do disco de estreia, Miguel Araújo atuou em cerca de 40 espetáculos, com destaque para o concerto de apresentação do disco na sala principal da Casa da Música, com lotação esgotada, participação em alguns festivais e uma actuação em Macau. Este ano ficou, no entanto, marcado pelos concertos com o alentejano António Zambujo nos Coliseus de Lisboa e Porto, e pelo recorde que atingiram, ao serem marcadas 28 datas. A dupla terminará a aventura em Beja e na Maia, as suas terras natais. Tanto “Cinco Dias e Meio” como “Crónicas da Cidade Grande” atingiram a marca de Disco de Ouro, e a edição limitada e numerada de “Cidade Grande ao Vivo” esgotou, tendo sido posta à venda uma segunda edição, com o registo áudio do concerto no Coliseu do Porto.

Atualmente, Miguel Araújo encontra-se a trabalhar no sucessor de “Crónicas da Cidade Grande”.