Cães atirados de carrinha morreram. Suspeitos identificados.

cao_atirado_de_carrinhaDois cães da raça labrador com cerca de quatro meses morreram depois de terem sido atirados de um veículo em movimento na estrada que liga Montemor-o-Novo a Santiago do Escoural.

A denúncia foi feita no passado sábado por um casal que seguia noutro veículo e presenciou a situação. As testemunhas conseguiram registar as características da viatura e denunciaram o caso à Guarda Nacional Republicana.

Fonte da GNR revelou à Rádio Nova Antena que foram accionadas as patrulhas que se deslocaram ao local. Um dos animais teve morte imediata e o outro faleceu pouco depois.

Esta situação é crime público para o qual basta a denúncia às autoridades judiciárias ou policiais para dar início ao procedimento judicial.

Neste tipo de crimes, o processo corre mesmo contra a vontade do titular dos interesses ofendidos.

Segundo a mesma fonte, no dia seguinte, domingo, uma pessoa dirigiu-se ao posto da GNR para apresentar queixa por furto de dois animais que, pelas características, serão os cães envolvidos no crime do dia anterior.

Com base nos dados da viatura que, segundo o Correio da Manhã será uma carrinha Ford Transit de cor azul, os suspeitos já terão sido identificados.

Recorde-se que desde julho do ano passado o mau trato e abandono de animais de companhia é considerado crime com penalizações que podem ir desde o pagamento de uma simples coima até pena de prisão.

Quem maltratar ou abandonar os animais domésticos fica também impedido de ter animais num período que pode ir até aos cinco anos, e também de participar em feiras, concursos relacionados com este tema ou até exposições por um máximo de três anos.

Foto: Correio da Manhã