Deco alerta para perigos da utilização de maquilhagem de carnaval

Mara_ConstantinoNo carnaval as fantasias, máscaras, acessórios e pinturas faciais fazem parte dos disfarces, mas há cuidados a ter nomeadamente com a maquilhagem utilizada principalmente nas crianças, já que alguns produtos podem conter químicos capazes de causar reações alérgicas e irritações em peles mais sensíveis.

O alerta é deixado por Mara Constantino, jurista da delegação de Évora da Deco – Associação para a Defesa do Consumidor.

Ouvir aqui Conversa em Dia

Segundo a Deco, as palavras “hipoalergénico” ou “dermatologicamente testado” não são garantia de que o produto é seguro já que não têm validade científica. O símbolo CE também não garante segurança completa, devendo ainda assim evitar-se comprar produtos que não o tenham no rótulo.

  • Respeite o prazo de validade ou o período após abertura (PAO). Para tal, escreva a data de abertura na embalagem.
  • Deite fora as pinturas já usadas com cheiro a ranço e se verificar que há uma separação entre camadas mais espessas e outras mais líquidas.
  • Mantenha limpos os acessórios em contacto com as maquilhagem, como pincéis, esponjas e espátulas, entre outros. Lave-os com água e sabão e deixe-os secar por completo antes de voltar a usar.
  • Siga as apresentações de uso apresentadas pelo produto.
  • Não inclua verniz para as unhas na toilette, pois contém solventes. Evite também as lantejoulas e purpurinas à volta dos olhos.
  • Passe primeiro um creme hidratante na cara ou no corpo: vai proteger a pele e facilitar a remoção das pinturas. No final, a limpeza do produto deve ser completa, para não deixar qualquer vestígio de maquilhagem.