Pediatria do Hospital do Espírito Santo de Évora acreditada pela DGS

Hospita-ESO Serviço de Pediatria do Hospital do Espírito Santo de Évora, que engloba o internamento de Pediatria, as Consultas Externas de Pediatria, a Urgência Pediátrica e a Unidade de Neonatologia foi acreditado este mês pela Direção Geral de Saúde, de acordo com o Programa Nacional de Acreditação em Saúde (PNAS).

A equipa, constituída por Médicos Pediatrias, Especialistas, Enfermeiros, Assistentes Operacionais e Assistentes Técnicos, iniciou o processo de acreditação em setembro de 2014, no âmbito da estratégia organizacional de qualidade e segurança do HESE e concluiu em setembro de 2015. Este processo decorre em quatro fases: a candidatura, o processo de autoavaliação, a auditoria externa e o reconhecimento. Um serviço acreditado é um serviço com reconhecimento de mérito.

“Nós já tínhamos profissionais muito conscientes sobre as questões da segurança e da qualidade mas neste momento o grau de consciência aumentou significativamente e não tenho dúvidas que em termos de cultura de segurança, nós estamos muito mais à frente do que estávamos há uns meses atrás. Tivemos que mudar de atitudes, evidenciando boas práticas, usando o medicamento de uma forma mais racional e segura, apercebemo-nos também da importância da manutenção dos equipamentos que é essencial também para o êxito do tratamento do doente e naturalmente, passou também pela sedimentação e divulgação de normas e de orientações que agora reforçámos, esclareceu Helder Gonçalves, Diretor do Serviço de Pediatria”.

A acreditação é um processo de observação, avaliação e certificação através do qual se reconhece publicamente que uma instituição ou Unidade de Saúde reúne as condições necessárias e presta serviços e cuidados de saúde de qualidade, baseados na evidência científica e no respeito por padrões de qualidade definidos por entidades de referência e reconhecidos pelo Ministério da Saúde. O modelo da qualidade adotado pela DGS para acreditação das unidades de saúde é o modelo ACSA (Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucía), por ser o que melhor se adapta aos critérios definidos na Estratégia Nacional para a Qualidade em Saúde e por ser um modelo consolidado e reconhecido, concebido para um sistema público de saúde de organização semelhante ao português e destinatários idênticos em temos demográficos e epidemiológicos.

Todo o processo de certificação tem como base 5 pilares que englobam questões específicas que são avaliadas in loco e mediante demonstração e que se referem ao cidadão, como centro do sistema de saúde, à organização da atividade centrada na pessoa, aos profissionais, aos processos de suporte e aos resultados.

Com este processo foi possível também incrementar a coesão e colaboração de todos os profissionais na prossecução de um objetivo conjunto, prestigiante para o serviço, para a instituição e para a região Alentejo, a participação ativa em todo o processo, identificando áreas de melhoria, o cumprimento das normas e procedimentos, o conhecimento de todos os processos e dinâmicas do serviço e ainda a responsabilização de toda a equipa numa aposta na qualidade do Serviço.

A acreditação demonstra também melhorias evidentes ao nível da confidencialidade, da segurança e da qualidade dos serviços prestados para o cidadão.

“Todos nós trabalhámos, eu próprio trabalhei muito e dei  a face por este projeto porque acreditava no grupo, e o grupo fez, de facto, um excelente trabalho. Como profissional estou muito satisfeito por saber que os meus netos e todos os netos desta região podem contar com um Serviço de qualidade como é o Serviço de Pediatria do Hospital do Espírito Santo de Évora.“, concluiu o Diretor do Serviço de Pediatria.