Aguarelas de Júlio M. Jorge na Galeria 9ocre

ExposicaoMON20Nov2015

A Galeria 9ocre tem patente a exposição de aguarelas da autoria de Júlio M. Jorge.

Esta mostra, intitulada Rostos, poderá ser visitada aos sábados entre as 16h00 e as 19h00, até 19 de Dezembro, e resulta de um trabalho moroso e metódico que este artista autodidacta vem realizando ao longo dos últimos anos.

Esta pesquisa é no dizer do próprio um percurso onde procura “pintar apenas pessoas que conheço, isto porque gosto de conversar com elas, perceber que confiam em mim de modo a sentir o que lhes vai na alma, saber das suas alegrias e tristezas e recordar com elas sonhos que ficaram pelo caminho”.

Júlio Jorge tem-se dedicado à técnica de aguarela e designá-lo por autodidacta é redutor, dado o investimento sério que faz na formação e aperfeiçoamento técnico através da frequência de workshops e eventos dedicados a esta modalidade expressiva, quer em Portugal, quer no estrangeiro. Uma consequência feliz foi a recente participação no Salon de l’ aquarelle du Haillan/Bordéus em França onde obteve o 1º prémio por votação do público.

Descreve a sua pintura em aguarela como “realista, precisa e minuciosa. Utilizo, por isso, uma técnica bastante lenta e que requer muita paciência, pois na maior parte do tempo é feita com o papel pouco húmido dando pequenas pinceladas, deixando deste modo que as cores se fundam umas nas outras, se entrelacem até atingirem as tonalidades que eu considero correctas. Este tipo de técnica só é possível em aguarela. No fundo, construo os meus rostos, encaixando pequenos toques de pincel como se peças de um puzzle se tratassem…”