Alentejo 2020 dá prioridade à área alimentar

alentejo_2020_novoO ‘Alentejo 2020’, Programa Operacional Regional do Alentejo para o período 2014-2020, inclui uma estratégia regional de especialização inteligente.

“A estratégia regional de especialização inteligente é um planeamento que foi desenvolvido no âmbito desta nova programação, que pretende no fundo dar áreas de foco no âmbito da agenda da competitividade para a região. Definir quais são as prioridades em termos de aposta a desenvolver no futuro”, segundo refere António Costa da Silva, vogal da comissão diretiva do programa operacional.

A área alimentar é a primeira grande prioridade do programa operacional, revela António Costa da Silva: “A primeira grande prioridade está relacionada com a área alimentar e floresta. A segunda grande área é a área do património, indústrias culturais e criativas e serviço do turismo. A terceira grande área, também uma área das amenidades da região, economia de recursos minerais e ambientas, depois duas áreas emergentes, uma das tecnologias críticas, energias e mobilidade inteligente e uma última área também muito importante das tecnologias e serviços especializados da economia social”.

António Costa da Silva garante que os responsáveis pelos projetos que se enquadrem nesta estratégia têm sempre prioridade no âmbito da avaliação. “Genericamente nos sistemas de incentivo, os empresários têm, no âmbito da avaliação, prioridade em termos de projetos apresentados, na área da investigação e desenvolvimento tecnológico só podem ser apresentados projetos enquadrados na estratégia regional de especialização inteligente”.

Toda a informação sobre este programa está disponível no site www.alentejo.portugal2020.pt.