1.º de Maio assinalado hoje em Montemor, Évora e Vendas Novas

1._Maio_MontemorHoje, dia 1 de maio, assinala-se o Dia do Trabalhador, uma data histórica que comemora 125 anos. Em 1890, o Congresso Operário Internacional instituiu o dia 1 de maio como um dia de luta e reivindicação dos trabalhadores de todo o mundo.

Para além das comemorações em Montemor-o-Novo, a União dos Sindicatos do Distrito de Évora preparou também um conjunto de iniciativas que irão ter lugar em Évora e em Vendas Novas.

Em Montemor-o-Novo as comemorações arrancam às 9h com o hastear das bandeiras nos Paços do Concelho, com a participação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Novo. Às 10h30 haverá uma aula aberta de manutenção física no Parque Urbano.

À tarde, a partir das 14h30 tem lugar a concentração junto ao Monumento da Resistência Antifascista, seguida de manifestação pelas ruas da cidade até ao Parque Urbano, onde haverá, às 15h30, música com o Grupo Coral Fora D’Oras e com o Rancho Folclórico de Foros de Vale Figueira. Às 16h, também no Parque Urbano terão lugar as intervenções político-sindicais, onde irá intervir a Presidente da Câmara Municipal, Hortênsia Menino, bem como um representante da União de Sindicatos e um membro da CGTP. As comemorações terminam com um momento musical, a partir das 16h30 com o Grupo Amigos do Guadiana.

Em Évora às 10h30 é inaugurada uma exposição alusiva ao 40.º Aniversário da Reforma Agrária, na Praça do Giraldo, seguida de uma atuação de Cante Alentejano com o Grupo Coral de S. Brás do Regedouro. Às 14h30 tem lugar a concentração na Praça Joaquim António de Aguiar, de onde segue uma manifestação até à Praça 1.º de Maio, onde têm lugar as intervenções político-sindicais, a partir das 16h. Às 16h30 há Encontro de Poetas Populares e atuação musical do Grupo Coral de S. Brás do Regedouro. Os festejos culminam com um espetáculo de música popular com o Grupo Banza.

Em Vendas Novas as comemorações têm início às 9h, no Centro Sócio-Cultural, com a realização de Torneios de Chinquilho e Sueca. Às 10h há aula de Zumba. Às 14h tem lugar a concentração para uma manifestação na rotunda junto à GNR até ao Centro Sócio-Cultural, onde terão lugar as intervenções político-sindicais, a partir das 15h. Às 15h30 há cantares alentejanos com o grupo Os Alentejanos. Às 16h há Torneio da Malha e às 16h45 o encerramento com baile animado pelo duo musical Thy Subry.