temos som pede a elas

deltaA partir do mês de Novembro, vai ser possível personalizar o sabor das cápsulas Delta Q, através da plataforma digital da marca, com cafés e descafeinados de origem arábica e robusta. Sob a marca MyQoffee, as embalagens de cápsulas custarão 9,90 euros e poderão ser “um presente de Natal”, disse Rui Miguel Nabeiro, administrador do grupo Delta, durante a apresentação do produto.
Motivo de orgulho para a Delta é o facto de, em quase os oito anos de existência, ter ultrapassado mil milhões de cápsulas vendidas, sendo uma marca internacional presente em 20 mercados.

Como nova oferta de cápsulas, foi anunciada a nova Delta Q Cevadas Pure, que se apresentam como pioneiras no mercado nacional e assinalam a entrada no mercado da cevada. “Em Portugal não conhecíamos a cevada em cápsula. Trouxemos a cevada para dentro do sistema”, refere Rui Miguel Nabeiro.

O comendador Rui Nabeiro não deixou de apontar para a importância da inovação na história da Delta. “Não houve um dia em que não pensasse em inovação. O mundo já foi descoberto há muito. Temos de ter a imaginação para pensar em algo diferente”, disse Rui Nabeiro.

Lançada em Novembro de 2007, a Delta Q chegou ao mercado com sete blends e duas máquinas. No ano seguinte, em Julho, atingiu o marco de um milhão de cápsulas vendidas. O primeiro chá expresso do mundo em cápsulas foi lançado em 2009, em 2011 foi a vez de três blends em co-branding com a Tetley, em 2012 e em 2014 as cápsulas de café para ser acompanhado com leite.