Projecto de arrendamento social em estudo em Montemor-o-novo

Antonio_DanadoO Programa de Ação Integrado de Valorização do Castelo, do Centro Histórico e da cidade de Montemor-o-Novo, designado Programa Monte Mor, Pedra a Pedra está concluído.

Este programa, que decorreu entre 2009 e 2014, foi no passado sábado oficialmente encerrado através de uma exposição final que ficará patente em diversos locais da cidade, até ao mês de setembro.

Recorde-se que segundo Hortênsia Menino, Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, estas obras resultaram de um investimento de cerca de quatro milhões e meio de euros, cofinanciados a 85 por cento por fundos comunitários, sendo que para além das melhorias do espaço público, as maiores intervenções foram na renovação da rede de infraestruturas de electricidade, saneamento e abastecimento de água no centro histórico da cidade.

Ainda assim, e de acordo com António Danado há muito a fazer. O Presidente da União de Freguesias da Vila, Bispo e Silveiras disse à Rádio Nova Antena que está previsto um “projecto de arrendamento social” de casas abandonadas mas “a adesão dos proprietários não tem sido a melhor”.

Ouvir aqui Conversa em Dia

Segundo António Danado, esta bolsa de habitações ainda não está criada já que tem havido uma grande dificuldade em identificar os proprietários de muitas destas habitações.

O Presidente da União de Freguesias da Vila, Bispo e Silveiras em Montemor-o-Novo disse ainda à RNA que esta medida é essencial para a manutenção da população residente na cidade, e torná-la atractiva para a fixação de quem vem de fora.