Telheiro da Encosta do Castelo inaugurado dia 8 de Março

Joao_Ruaca_Marta_Mattioli_Nuno_Grenha_Duarte_GomesO Telheiro da Encosta do Castelo em Montemor-o-Novo sofreu obras de renovação, e alargou-se até aos antigos lavadouros no Bairro de São Pedro.

A inauguração deste espaço que integra o novo Centro de Investigação Cerâmica irá decorrer esta domingo dia 8 de Março, dia do Município de Montemor-o-Novo, de São João de Deus e da Mulher.

A obra teve um custo de mais de 114 mil euros, comparticipados pelo Proder e Município de Montemor-o-Novo.

Apesar de dia 8 de Março ser a inauguração, estes espaços já estavam em funcionamento e estão agora requalificados e preparados para receber diversas actividades.

O espaço conta ainda com um Laboratório de Terra com o qual estão a ser estabelecidas parcerias com a Universidade Técnica de Lisboa, com a Universidade Nova de Lisboa e Universidade de Évora para ensaios laboratoriais.

Na edição de hoje de Conversa em Dia falamos com Marta Mattioli das Oficinas do Convento, Nuno Grenha das Oficinas do Convento e arquitecto do projecto, João Ruaça, escultor e ceramista responsável artístico do Centro de Investigação Cerâmica e Duarte Gomes o responsável pelo Laboratório de Terra.

Ouvir aqui Conversa em Dia

Inauguração oficial dos espaços do Telheiro da Encosta do Castelo que integra o novo Centro de Investigação Cerâmica nos antigos lavadouros do Bairro de São Pedro este domingo, 8 de Março pelas 15 horas. Após a inauguração irá decorrer uma visita pelo espaço requalificado, onde estarão apresentados alguns projetos já desenvolvidos, bem como a projeção do que irá decorrer neste novo equipamento da Cidade.

A partir das 17h30 haverá um convívio aberto com Cozido da Panela e grelha, e às 21h00 será apresentado no Convento de S.Francisco “A Velhice”, espetáculo apresentado pela Alma d´Arame.