Montemor-o-Novo: incêndios em contentores do lixo preocupam autarquia

molok

Com o tempo frio aumentam os incidentes com resíduos de lareiras e braseiras nos contentores de recolha de lixo.

A câmara municipal de Montemor-o-Novo alerta os munícipes para o facto de não ser permitida a colocação de cinzas e brasas nos contentores de superfície ou nos chamados moloks (na foto).

Para além da distribuição de folhetos informativos nas caixas de correio dos habitantes de Montemor-o-Novo, também Hortênsia Menino, presidente da Câmara Municipal lançou um apelo aos microfones da RNA, em que informa que desrespeito desta norma tem provocado, frequentemente danos irreparáveis nos equipamentos de recolha de lixo, o que se traduz muitas vezes na sua substituição que tem associada custos avultados.

O Sargento-Ajudante David Carrão do Comando Territorial da GNR de Évora alerta para os cuidados a ter na limpeza de lareiras e braseiras, chamando a atenção para a importância de verificar sempre se os despojos depositados nos contentores de lixo (brasas e cinzas) se encontram apagados para prevenir os incêndios.