Cuba (Beja): Suspeito de esfaquear ex-mulher entregou-se

Crime

Uma mulher foi na noite de ontem hospitalizada em estado grave, depois de esfaqueada alegadamente pelo ex-marido, que se pôs em fuga, em Cuba, no distrito de Beja.

Após a agressão, a GNR montou um dispositivo para tentar encontrar o homem, de 40 anos, que acabou por se entregar por volta da 01:00 de hoje na esquadra da PSP de Beja.

Fonte da GNR adiantou que a mulher, de 29 anos, entrou, na segunda-feira à noite, em estado grave, no Serviço de Urgências do hospital de Beja, onde foi assistida, mas acabou por ser transferida de madrugada para o Hospital de São José, em Lisboa, devido à gravidade dos ferimentos.

Também a GNR disse que a mulher estaria em casa, acompanhada pelo atual companheiro, que terá assistido a tudo, e sofreu vários ferimentos de arma branca no pescoço e no peito.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, a ocorrência foi registada no Monte do Acácio, próximo de Cuba, tendo o alerta sido dado às 21:19.

Para o local foram mobilizados meios e operacionais dos Bombeiros Voluntários de Cuba, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Beja e militares da GNR.

O homem, que terá residência no Algarve, vai ser hoje presente ao Tribunal de Beja para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.