Futsal: GUS Futsal arranca empate a Rabo de Peixe nos Açores

Apresentao_GUS_Futsal_067Jogou-se este Sábado a 12ª jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão Série F, com o GUS Futsal a viajar até aos Açores para efectuar dupla jornada, jogando Sábado diante do Rabo de Peixe e Domingo perante o Operário.

Em Rabo de Peixe, a equipa Montemorense apresentou-se com uma garra tremenda, num pavilhão onde apenas Fabril (2º classificado), havia roubado pontos, conseguindo arrancar um empate fantástico a 6 bolas.

O encontro começou com ascendente dos Açorianos, mas foi o GUS que marcou por Fábio Dias. Logo de seguida o Rabo de Peixe empata, mas o GUS, por Bruno Botas, volta a passar para a frente do marcador.

Com o passar do tempo, o conjunto da casa assentou o jogo, e perante o desperdício de oportunidades dos Unionistas, o resultado chegou aos 4-2 para o Rabo de Peixe. Antes do Intervalo, Bruno Botas bisa e reduz para 4-3.

No 2º tempo,o GUS entra muito forte e, aos 3 minutos de jogo, já vencia por 5-4, com Francisco Arraiolos a bisar.

O jogo estava frenético e o Rabo de Peixe volta a empatar, arrastando-se depois o resultado até aos últimos 2 minutos de jogo onde, de livre, o Rabo de Peixe faz o 6-5, parecendo sentenciar a partida. No entanto, o GUS mostrou que não desiste e logo de seguida empata de novo por Hugo Nunes, resultado que seria final.

 

 

Em suma, jogo impróprio para cardíacos e excelente espectáculo de Futsal, onde a haver um vencedor mais justo seria mesmo o GUS, pelas oportunidades desperdiçadas, entre as quais uma bola no poste.

Depois de tantos problemas com lesões, o GUS mostrou uma alma enorme, conseguindo uma exibição e resultado memorável. Orgulho

Este domingo, novo jogo, desta vez em Lagoa, perante o Operário, numa partida que se  antevê ainda mais difícil para os Unionistas, que terão de recuperar os seus atletas para nova batalha. No entanto, com aquilo que mostraram, tudo é possível e, como sempre, irão à luta.

Crónica por Pedro Pereira (Treinador do GUS Futsal)