Utentes da urgência de Évora esperam mais de 18 horas

Hospita-ESOs utentes da urgência do Hospital do Espírito Santo de Évora esperaram entre sexta-feira e sábado, mais de 18 horas para serem atendidos, devido à falta de médicos.

Verificou-se no mesmo período um aumento da afluência às urgências hospitalares.

Segundo fonte da Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS), a maior parte dos utentes que se deslocou às urgências poderia ter optado pelo atendimento nos centros de saúde ou unidades de saúde familiares da área de residência.