Natal e fim de ano mais contido para famílias portuguesas

presentesEste ano, o natal dos portugueses foi mais contido, em relação a anos anteriores. Quanto à noite de réveillon, os planos passam, sobretudo, por nem sair de casa.

Alice Remédios referiu à nossa reportagem que “o Natal foi passado em casa com a família e com os tradicionais doces na mesa. Em relação às prendas de Natal, comprei só para os filhos e para os meus pais”. O ano novo vai ser “passado em casa”.

Cristina Carmo passou o Natal “em família”. Antigamente “comprava-se o que se queira e agora temos que escolher mais e comprar o que podemos”. Para 2015 “espero que tenhamos menos impostos e mais trabalho para quem está desempregado. Este era o meu desejo mas parece-me que vai ser igual a 2014”.

“Este ano o Natal foi passado em família e gastámos menos em prendas que no ano passado”, referiu Vera Ganchinho.

Já Paula Rente garante que “desde que haja saúde o Natal é sempre bom. O réveillon vai ser passado em família que com a crise não se podem fazer outros planos”.

Henrique Gago teve “que corta um bocadinho na compra de prendas mas os pratos típicos de Natal não faltaram na mesa”.

“Graças a Deus a noite de Natal foi passada com o meu marido. Preparei o tradicional bacalhau, as azevias e assim estivemos os dois. A noite de Ano Novo vai ser igual”, disse-nos Maria Celeste Russo.