Operação Natal da GNR regista mais vitimas mortais

guardasA Guarda Nacional Republicana (GNR), já registou quatro mortos e dez feridos graves, em 385 acidentes, nos primeiros dois dias da 1ª fase da operação “Natal e Ano Novo” 2014.

Segundo dados provisórios divulgados pela GNR, nos dias 23 e 24 foram registados menos 229 acidentes do que em igual período do ano passado em que ocorreram 614, dos quais resultaram quatro mortos e 10 feridos graves, respectivamente mais duas vítimas mortais e mais oito feridos com gravidade do que na antevéspera e véspera de Natal de 2013.

Já o número de feridos ligeiros registado nos primeiros dois dias da operação de Natal da GNR baixou para 89, contra os 176 registados em igual período de 2013.

Estão mobilizados nesta operação 7.870 militares, que vão estar atentos ao controlo da velocidade, à condução sob efeito de álcool e substâncias psicotrópicas, à falta de carta de condução e de uso de cintos de segurança e cadeirinhas para crianças, bem como à utilização indevida de telemóveis.