Futebol: U. Montemor ganha 2-1 na Cova da Piedade

bola_na_redeEste domingo o Grupo União Sport (GUS) deslocou-se a Almada, ao Estádio Municipal José Martins Vieira, onde defrontou o Cova da Piedade, em jogo da 13.ª jornada, do Campeonato Nacional de Seniores – Série G.

A vitória sorriu à formação Montemorense por 1-2, com ambas as equipas a terminarem reduzidas a 9 jogadores. Os golos da vitória unionista foram apontados por Gilson Varela aos 41 min e de Juliano aos 82 min.

Esta foi uma partida bem disputada, mas também marcada por uma arbitragem pouco feliz, onde foram mostrados muitos amarelos logo no início do jogo, perspetivando-se que as equipas não chegariam ao final do encontro com todos os seus elementos.

O Cova da Piedade surgiu no jogo com alguma ansiedade, talvez fruto da derrota na jornada anterior, mas foi criando alguns lances de perigo. O GUS, por seu turno, mostrou-se desinibido e foi sempre respondendo e desenvolvendo oportunidades para inaugurar o marcador.

Aos 41 minutos, Gilson Varela aproveitou uma perda de bola do adversário, rematou cruzado, e fez balançar as redes da baliza da turma de Almada. O União chegaria ao intervalo a vencer por 0-1.

Muito cedo na 2.ª parte, logo aos 48 minutos, é assinalada grande penalidade contra o GUS, com Filipe Falardo a concretizar e a restabelecer a igualdade.

É a partir daqui que surgem as expulsões e a polémica. Aos 51 minutos o experiente defesa central Ricardo Aires é expulso. Aos 68 minutos é Nuno Abreu que vê vermelho direto, após uma falta sobre Gilson, que ficaria isolado na cara do guarda-redes. Faltavam 22 minutos para jogar e o União jogava de 11 para 9. Aos 82 minutos surgia o golo que ditaria a vitória Alvinegra, por Juliano.

Por parte do GUS, e já em tempo de compensações, seriam expulsos Ricardo Ramos (vermelho direto aos 91″) e Jair (vermelho direto aos 94″). Sobretudo a expulsão de Jair, quando o jogador se preparava para ser substituído e se dirigia ao seu colega de equipa, não havendo nada em termos verbais é, no mínimo, caricata!

Apesar de tudo, o GUS assegura o mais importante, que são os 3 pontos, ganhando também mais um motivo de confiança e tranquilidade.

Paulo Martins, treinador do GUS, falou à reportagem da Rádio Nova Antena no final da partida e mostrou-se satisfeito com a vitória, mas teceu críticas às decisões da equipa de arbitragem. Já Sérgio Boris, treinador do Cova da Piedade, considerou que este foi, sobretudo, um jogo equilibrado.

Cova da Piedade 1-2 U.Montemor (Filipe Falardo 48″; Gilson Varela 41″, Juliano 82″)

Série G – Sintrense 1-1 Fabril Barreiro; 1º Dezembro 1-0 Sacavenense; At. Malveira 2-1 Loures; Cova da Piedade 1-2 U. Montemor; Casa Pia 0-0 Pinhalnovense.


Série H – Moura 0-0 Operário Lagoa; Lusitano VRSA 1-1 Aljustrelense; Quarteirense 0-1 Louletano; Angrense 0-0 Praiense; At. Reguengos 0-1 Ferreiras.

Série F – Atl. Ouriense 0-0 Fátima; U. Leiria 1-1 Eléctrico; Mafra 1-0 Alcanenense; At. Riachense 1-2 Sertanense; Caldas 0-1 Torreense.