Coral Fora d’Oras congratula-se com distinção do Cante Alentejano pela UNESCO

Fora_HorasO Coral Fora d’Oras de Montemor-o-Novo congratula-se pela distinção da UNESCO que classificou o cante alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

A distinção foi aprovada, na passada 5ª feira pelo Comité Intergovernamental da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da Humanidade em Paris (França).

De acordo com José Grulha, do grupo coral montemorense, esta distinção “é importante para o cante alentejano, para o Alentejo e para quem gosta desta forma de estar”.

Há três anos, a 27 de novembro de 2011, Portugal celebrou a eleição do fado como Património Imaterial da Humanidade. No ano passado, foi a vez de a dieta mediterrânica entrar para a prestigiada lista, graças à candidatura conjunta submetida por Portugal, Chipre, Croácia, Grécia, Espanha, Itália e Marrocos.