Ranking da Transparência Municipal: Montemor em 180º lugar e Évora é o melhor do Alentejo

IntegridadeTransparenciaAssCivicaO município de Montemor-o-Novo ocupa a posição 180 no ranking da Transparência Municipal, estudo levado a cabo pela Transparência e Integridade, Associação Cívica (TIAC), tornado público no passado dia 7 de novembro, e realizado a partir de uma análise às páginas na internet das autarquias.

Hortênsia Menino, autarca montemorense justifica este resultado com o facto desta apreciação ter coincidido com um período de alteração à página do município.

O município de Évora é o sexto mais transparente do país, e o primeiro do Alentejo, de acordo com este índice. O presidente da Câmara, Carlos Pinto de Sá, assegura que “não se deve dar uma atenção excessiva a este ranking”, embora reconheça que “é bom estar entre os primeiros”.

Carlos Pinto de Sá pretende dar continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido.

Na posição 108, encontra-se o município de Estremoz. Luís Mourinha, o presidente da Câmara, assegura que a autarquia subiu cerca de 50 lugares neste ranking, mas garante que “é possível fazer melhor”.

O município de Viana do Alentejo surge em 198.º lugar. O autarca, Bengalinha Pinto discorda deste tipo de ranking que, segundo ele “vem da parte de um Governo que deveria começar a dar o exemplo com a transparência.”

Arraiolos é a autarquia que ocupação a posição 220 neste ranking. A presidente de Câmara, Sílvia Pinto, não atribui grande importância a este estudo.

Já o presidente da Câmara de Mora, Luís Simão, não reconhece validade a este ranking. A autarquia de Mora encontra-se na posição 279.

O município de Portalegre surge na posição 230. De acordo com a presidente da Câmara, Adelaide Teixeira, “o rigor e a transparência são as principais apostas”.

O município de Elvas surge na posição 227 no ranking da Transparência Municipal e Campo Maior encontra-se na posição 242.

A autarquia mais transparente do país é a de Alfândega da Fé, distrito de Bragança, seguida de Carregal do Sal, em Viseu, e Torres Novas, Santarém.

Belmonte, no distrito de Castelo Branco, é o concelho que encerra a lista do Índice de Transparência Municipal.

Dos 308 municípios, 119 obtiveram classificação aceitável ou boa. Os restantes obtiveram uma classificação insuficiente no ranking da Transparência Municipal.