GNR tem nova capacidade cinotécnica para combate ao crime ambiental

GNRA GNR criou mais uma capacidade Cinotécnica para o combate ao crime ambiental. A partir de 2015 e durante, pelo menos 4 anos, a Guarda Nacional republicana irá ter meios cinotécnicos para a Detecção de Venenos, nos distritos de Beja, Castelo Branco e Évora, para ajudar a preservar a Águia Imperial. É uma capacidade co-financiada pela Comissão Europeia e faz parte do projeto LIFE IMPERIAL que conta com vários parceiros, nacionais e espanhóis. A iniciativa conta ainda com a parceria da Liga para a Proteção da Natureza.